Total visualizações

31 maio 2016

Curriculum Vitae


 E pronto, chegámos quase à linha da meta...
Como ponto de passagem entre esta fase e a vossa nova vida de gente grande, o programa prevê que conheçam as regras básicas de elaboração de um Curriculum Vitae. Atualmente têm disponível informação atualizada e de boa qualidade, de que é exemplo essencial a do Europass:


  
Ainda assim, ficam algumas informações que veremos em aula.
Regras básicas para a redação do Curriculum Vitae (CV)
Sugestões para um bom CV
Curriculum Vitae
O Curriculum Vitae (CV) é uma forma de apresentação e um dos instrumentos mais eficazes na procura de emprego em quase todos os domínios de atividade.
O CV reflete a imagem do candidato, permitindo suscitar o interesse do empregador em querer conhecê-lo, concedendo-lhe a oportunidade de uma entrevista. Um bom currículo ajudará a dar uma boa impressão a seu respeito.  Deve ser bem redigido e ter uma apresentação cuidada.
Regras básicas para a redação do seu CV:
- Apresente as suas habilitações e competências adquiridas de forma direta e objetiva, valorizando os seus pontos fortes;
- O CV é uma comunicação profissional e deve ser redigido de maneira formal, clara e lógica. Evite usar o tom coloquial, próprio da expressão oral;
- Use palavras simples e frases curtas. Transmita uma ideia por parágrafo, evitando que o mesmo ultrapasse as 5 linhas;
- Evite erros ortográficos, tendo sempre em atenção o uso correto dos sinais de acentuação das palavras;
- Use corretamente a pontuação gráfica de forma a tornar a leitura mais fácil e fluida;
 
- Evite erros de construção frásica e/ou gramaticais;
- Se utiliza siglas, deve escrever logo de seguida o seu significado. Ex. GESP – Gabinete de Estágios e Saídas Profissionais;
- Se indica números deve usar algarismos, em vez de escrever por extenso. Esta opção torna a leitura mais fácil.
- Tenha sobriedade na escolha do e-mail. A denominação pode, por si só, sugerir uma conotação ou opinião acerca do candidato.
- Deve cingir-se a factos, evitando juízos de valor, comentários e subjetividade;
- Elimine informações/palavras irrelevantes e evite o abuso de adjetivos;
- Evite referências a gostos pessoais como filiações clubísticas e/ou partidárias;
- Redija o CV na forma impessoal, utilizando sobretudo verbos operatórios, uma vez que estes indicam ação ou movimento. Ex: Dirigir, desenvolver, produzir, realizar, avaliar, coordenar, etc.
- Evite os carateres sublinhados, MAIÚSCULAS ou a negrito, pois dificultam a leitura do documento. Deve redigir o CV usando corretamente letras Maiúsculas e minúsculas. Desta forma o aspeto gráfico é mais atraente e harmonioso;
- Verifique se a informação introduzida está repetida e/ou colocada no item correto disponibilizado para o efeito. Estes erros são considerados graves, uma vez que transmitem uma imagem de desorganização;
- Se efetuou “copy paste” de informação para um campo de texto disponibilizado, verifique se o sistema não cortou palavras ou informação;
- Releia atentamente o seu CV depois de preenchido e proceda a eventuais correções;
- Dê o seu CV a ler, a uma terceira pessoa, para se certificar de que o seu conteúdo é claro e de fácil compreensão.

Fonte: Universidade de Aveiro, https://www.ua.pt/gesp/PageText.aspx?id=3822


  Outras informações/sugestões
Regras de ouro
O seu CV é um cartão de visita que pode fazer a diferença entre um convite para uma entrevista ou a cartinha a dizer que não foi selecionado.


Portanto, está na hora de transformar o seu CV numa arma eficaz:

Informações relevantes



  • Refira todas as informações que salientem as suas mais-valias e aumentem as possibilidades de obter uma entrevista.
  • O facto de organizar todos os anos um festival de sardinhas não interessa quando se candidata para a função de Web Designer. Se, pelo contrário, quer trabalhar numa agência de organização de eventos, a informação torna-se importante.
Molde o seu CV ao emprego para o qual se candidata
  • Tamanho reduzido
  • Tente reduzir o seu CV a duas folhas.
  • Bem organizado
  • Divida o seu CV em secções claras (por ex. dados pessoais, formação, experiência profissional, observações etc.) Coloque bastantes espaços em branco para o tornar mais legível.
  • Exemplos concretos
  • Espírito de equipa, capacidade de perseverança e facilidade de contato são características bonitas, mas sem exemplos concretos ficam vazias de significado. Indique concretamente como, no passado, demonstrou o seu espírito de equipa ou onde já aplicou a sua capacidade de perseverança.
  • Tipo de CV
  • Um CV cronológico fornece uma listagem da sua formação e experiência de acordo com uma sequência lógica no tempo. Um CV funcional junta qualidades e características por área relevante.
  • Sinceridade
  • Uma pequena mentira a seu favor parece inocente mas pode ter consequências negativas. Ao mentir no seu CV arrisca-se a ser apanhado mais cedo ou mais tarde.
  • Voz ativa
  • Use verbos dinâmicos e ativos como organizar, presidir, ensinar, etc.
  • Aparência gráfica
  • Cada CV que envia deve ser uma impressão original.

O curriculum vitae é o primeiro passo no processo de conquistar o trabalho para o qual se candidata. Pelo menos é ele que nos abre a porta a uma possível entrevista.
Dos funcionais aos cronológicos, um CV pode ser apresentado das mais variadas formas, no entanto, existem palavras que são terminantemente proibidas de usar.
Quando respondemos a um anúncio, o CV é o primeiro e único documento que chega à pessoa que nos irá entrevistar. Assim, a necessidade de causar boa impressão e de nos realçarmos começa logo aí. Ele é a primeira apresentação aos recursos humanos da empresa que o vai recrutar e o primeiro objetivo não passa ainda por conseguir o lugar em questão, mas sim uma entrevista.
Assim, para que ao ler o seu CV, a pessoa ou departamento que vai efetuar as entrevistas fique logo interessado em contacta-lo, o seu CV deve estar cheio de palavras-chave. As palavras-chaves são fundamentais porque tornam um curriculum mais funcional para além de focarem a atenção para a informação que surge a seguir.
No sentido inverso, existem aquelas palavras ou expressões que não se devem utilizar. Podem castrar logo à partida as hipóteses de resposta à sua carta.
Tente evitar:
Ø Erros ortográficos. Se tem dúvidas mais vale consultar um dicionário;
Ø Erros de construção frásica. São falhas que se devem evitar a todo o custo. Uma carta de apresentação mal escrita é quase a mesma coisa que morte súbita;
Ø Verbos conjugados no passado. O objetivo é ser ativo e mostrar iniciativa. Verbos como fui…, realizei…, elaborei…, não funcionam. Quando estiver a especificar a função que desempenhou use verbos no presente.
Ø Se quer mesmo conseguir aquele emprego de sonho, dedique algum tempo na elaboração do seu CV, para que as falhas não existam. Vai ver que valerá a pena.


30 maio 2016

Curriculum Vitae (modelos)


Diferentes tipos de Curriculum Vitae





Exemplo de Curriculum Vitae Cronológico

Curriculum Vitae

Nome: João Pedro Val de Andrade

Data de Nascimento: 26 de Agosto de 1959

Local de nascimento: Lisboa

Residência: 34, Rua da Esperança, 1400 – 999 BENFICA – CODEX

Telefone: 7654321

 

Formação

Escola Secundária:

 De Outubro de 1971 a Junho de 1974 frequentei a

Escola Secundária da Amora, Quinta dos Inglesinhos,

Cruz de Pau, 3500 – 999 SEIXAL, onde obtive o Diploma de 9º ano de escolaridade

 

Estágio:

 1978, Centro de Formação Profissional de Reparação Automóvel – C.E.P.R.A – Rua da Guiné

Moçambique, Prior Velho, 2685 – Sacavém

Telefone: 2516400

Efectuei um curso de mecânico durante 12 meses em horário post – laboral.[1]

 

Experiência Profissional

1981 – 1987 :

 TRANSCAR, Montagem e Assistência de Equipamentos

Pesados, SARL

Apartado 533, 5002 – 999 Faro Codex

Telefone: 579341

Sob supervisão de um director de equipamento pesado (máquinas de terraplanagem, tractores, motores de geradores e gruas móveis) trabalhei como mecânico (diesel) sendo responsável pela reparação de motores, transmissões e aparelhos hidráulicos e também pela entrega de peças nas obras e reparações feitas no próprio local. Fui também responsável pela frota de viaturas dos “quadros” da Empresa.

1979 – 1981:

 Sociedade Geral de Trabalhadores Hidro – Eléctricos do Sul

SARL.

Apartado 174, 3750 – 999 Faro – Codex

Telefone: 793452

Sob a orientação de um capataz e como aprendiz de mecânico, fui responsável pela conservação geral de maquinaria pesada de material circulante, motores e outros equipamentos. Fui também motorista substituto de um camião de aproveitamento de carburante diesel nas obras.

1975 – 1979:

 Estação de Serviço Auto - Videira, Lda

Lote 8A, Rua Fernão Lopes, 1700 – 999 Olivais – Lisboa

Telefone: 753219

Fui encarregue da venda de gasolina, lubrificação e mudança de óleo das viaturas. Nos dois últimos anos fui responsável pela conservação e manutenção da Estação de Serviços.

 

Exemplo de Curriculum Vitae Funcional

 

Curriculum Vitae

Mafalda Correia Gameiro

Rua das Descobertas nº25 3ºC

3900 Coimbra

Telefone (039) 485421 (dia/emprego)

(039) 236598 (noite/trabalho)

E-mail Mgameiro@coimbra.pt

Idade: 23 anos

Estado Civil: Solteira

Resumo Profissional:

Técnica Informática no Centro de Saúde de Coimbra; implementação do sistema informático SAP adequado às necessidades médicas; resolução de problemas de compatibilidade de sistemas; criação da base de dados de utentes; formação em informática e programas específicos; estágio curricular na Hays Customer Solutions em Londres; licenciatura em Engenharia de Sistemas.

 

Experiência profissional

Participação na implementação de um sistema informático para a maior empresa prestadora de serviços no Reino Unido;

Obtenção de uma distinção por ter desenvolvido o sistema de processamento de respostas imediatas a pedidos de clientes;

Selecção para a participação no programa de intercâmbio da União Europeia Leonardo da Vinci que promove estágios em empresas internacionais após a conclusão do curso superior;

Introdução de um sistema informático médico SAP numa experiência piloto no Centro de Saúde de Coimbra;

Aperfeiçoamento do sistema de registo de utentes permitindo elaborar estudos de desempenho e qualidade de atendimento;

Formação dos funcionários em informática e no programa SAP.

 

Outras actividades e interesses:

participação na organização das festas da cidade nos anos de 1995, 1996 e 1997;

frequência assídua de eventos culturais como cinema, teatro, exposições e concertos;

prática regular de atletismo e ginástica aeróbica.

 

Habilitações académicas

Licenciatura em Engenharia de Sistemas pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra concluída em Junho de 1996 com média de 15 valores;

Especialização em Inovação e Implementação no ano final;

Curso de linguagens informáticas pela empresa Inforcursos no Verão de 1995.[2]

 
 
Exemplo de Curriculum Vitae por Objetivos

Curriculum Vitae

Marta Sofia Rodrigues Batalha

Rua dos Senteiros nº45 18-A

7750 Mértola

Telefone: (086) 4566998 (noite)

Data de nascimento: 5 de Janeiro de 1973

Estado Civil: Casada (sem filhos)

 

Objetivo de Candidatura:

Cargo de assistente arqueóloga na Exploração Arqueológica de Foz Côa com vista a continuar o desenvolvimento da minha carreira noutra região com importantes potencialidades arqueológicas.

Situação Actual:

Arqueóloga assistente do Museu de Mértola desde Setembro de 1997, tendo realizado descobertas importantes dado Mértola ter sido um importante pólo comercial nos séculos I e X. Durante a realização do meu curso de licenciatura elaborei a minha tese final sobre esta exploração, daí que a oportunidade de trabalhar nestas funções tenha sido especialmente importante para o meu aprofundar de conhecimentos e experiências.

 

Estágio Curricular

Estagiária no Castro de Leceia entre Setembro de 1995 e Julho de 1996 que se encontrava em fase inicial de descoberta e desenvolvimento tive um primeiro contacto com a realidade do trabalho de campo e de prospecção que foi muito útil em experiências posteriores e onde aprendi muitas técnicas de recolha e datação.

Docência

Assistente na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa da disciplina de História Medieval no ano lectivo de 1994/95;

Assistente na Universidade Autónoma de Lisboa da disciplina de Paleografia nos anos lectivos de 1995/96 e 1996/97;

Assistente Convidada da Universidade do Algarve da disciplina de História Económica e Social no ano lectivo de 1997/98.

Habilitações académicas:

Licenciatura em Arqueologia pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa concluída em Junho de 1995 com média final de 16 valores;

Mestrado em Arqueologia pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa concluída com distinção em Março de 1998.

Outras actividades e interesses:

Participação em programas de apoio à juventude patrocinados pelas Câmaras Municipais de Oeiras e Mértola;

Participação em Congressos e Seminários realizados na Universidade Nova de Lisboa e Universidade do Algarve;

Leitura, cinema e música;

Jogging e aeróbica.[3]

 

Exemplo de Curriculum Vitae Misto

Curriculum Vitae

António Manuel Gomes da Costa

Rua dos Ulmeiros nº18 4ºEsq

2765 Parede

 

Telefone (01) 4578585

Data de Nascimento: 15 de Outubro de 1956

Estado civil: Divorciado (2 filhos)

Situação Actual

Médico Especialista do Departamento de Cardiologia do Hospital Amadora-Sintra (desde Outubro de 1986) e médico cardiologista do Serviço de Urgência do Hospital da Cruz Vermelha (desde Janeiro de 1992);

Habilitações Académicas

Curso de Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa entre Setembro de 1974 e Julho de 1978 com média final de 14 valores.

Experiência profissional

Responsável médico da Missão em Angola patrocinada pela organização Leigos para o Desenvolvimento entre Julho de 1985 e Setembro de 1986;

Responsável pelo Departamento de Cardiologia no Hospital Distrital de Portalegre (entre Janeiro de 1983 e Junho de 1985);

Médico Assistente no Hospital Distrital de Bragança (entre Setembro de 1980 e Dezembro de 1982);

Internato no Hospital de Santa Maria entre Setembro de 1978 e Julho de 1980.

Outras qualificações e actividades

Professor Assistente da disciplina de Cardiologia da Faculdade de Ciências Médicas Universidade Nova de Lisboa desde 1989;

Curso de iniciação à Cirurgia Cardiotoráxica entre Setembro e Dezembro de 1989;

Curso de Informática aplicada à Medicina entre Janeiro e Julho de 1995;

Fluência em Inglês e Francês.[4]

Exemplo de Curriculum Vitae Electrónico

 

Curriculum Vitae

 

Normalmente o CV electrónico é preenchido através de um formulário próprio, acessível na Internet, fornecido pela entidade empregadora.

 

Modelo de Curriculum Vitae Europass

 Europass-Curriculum Vitae

 Insira a sua fotografia. (facultativo, ver instruções)

Informação pessoal

  Apelido(s) / Nome(s) próprio(s)

 Apelido(s) Nome(s)

 

Morada(s)

 Rua, número, código postal, localidade, país

 

Telefone(s)

 Facultativo (ver instruções)

 Telemóvel:

 Facultativo (ver instruções)

 

Fax(es)

 Facultativo (ver instruções)

 

Correio(s) electrónico(s)

 Facultativo (ver instruções)

Nacionalidade

 Facultativo (ver instruções)

 Data de nascimento

 Facultativo (ver instruções)

Sexo

 Facultativo (ver instruções)

Emprego pretendido / Área funcional

 Facultativo (ver instruções)

Experiência profissional

 

Datas

·         Comece por indicar a experiência profissional mais recente; a cada posto profissional pertinente deverá corresponder uma entrada separada. Facultativo (ver instruções)

 

Função ou cargo ocupado

 

Principais actividades e responsabilidades

  Nome e morada do empregador

  Tipo de empresa ou sector

  Formação académica e profissional

  Datas

·         Comece por indicar a formação mais recente; a cada curso pertinente que tenha concluído deverá corresponder uma entrada separada. Facultativo (ver instruções)

 

Designação da qualificação atribuída

  Principais disciplinas/competências profissionais

  Nome e tipo da organização de ensino ou formação

Nível segundo a classificação nacional ou internacional

 Facultativo (ver instruções)

Aptidões e competências pessoais

 

Primeira língua

 Indique a(s) sua(s) língua(s) materna(s)

 

Outra(s) língua(s)

 

Auto-avaliação

 Compreensão

 Conversação

 Escrita

 

Nível europeu (*)

 

 Compreensão oral

 Leitura

 Interacção oral

 Produção oral

 

Língua

 

 (*) Nível do Quadro Europeu Comum de Referência (CECR)

 

Aptidões e competências sociais

 Descreva estas competências e indique o contexto em que foram adquiridas. Facultativo (ver instruções)

 

Aptidões e competências de organização

 Descreva estas competências e indique o contexto em que foram adquiridas. Facultativo (ver instruções)

 

Aptidões e competências técnicas

 Descreva estas competências e indique o contexto em que foram adquiridas. Facultativo (ver instruções)

 

Aptidões e competências informáticas

 Descreva estas competências e indique o contexto em que foram adquiridas. Facultativo (ver instruções)

 

Aptidões e competências artísticas

 Descreva estas competências e indique o contexto em que foram adquiridas. Facultativo (ver instruções)

 

Outras aptidões e competências

 Descreva estas competências e indique o contexto em que foram adquiridas. Facultativo (ver instruções)

 

Carta de condução

 Inclua nesta rubrica a(s) cartas de condução das quais é titular, especificando, se pertinente, a categoria de veículo. Facultativo (ver instruções)

 

Informação adicional

 Inclua nesta rubrica qualquer outra informação pertinente: por exemplo, pessoas de contacto, referências, etc. Facultativo (ver instruções).

 

Fonte: http://ocurriculumvitae.no.sapo.pt/Exemplos_CVs.htm